Marcas de luxo queimam estoque e chamam atenção para uma prática repugnante!

queimando-roupa

As marcas de luxo anualmente queimam milhões de dólares em roupas, acessórios e cosméticos. Só que esse fato nem sempre isso é divulgado. Eu mesmo desconhecia essa prática. Você sabia disso?

Como no período inquisitório, milhões em peças de roupas de coleções anteriores, acessórios em desuso e cosméticos (vencidos) são incinerados.

Burberry não conseguiu evitar e ao acender a fogueira fez fumaça demais e chamou a atenção da mídia, que não hesitou. Ao queimar U$ 37 milhões em produtos (roupas, acessórios e perfumes), a grife chamou a atenção para uma prática que não é única e exclusivamente dela. Acreditem, essa é uma prática difundida no Mundo todo.

Sob a premissa de respeitar a propriedade intelectual, impedir a pirataria e a ascensão de réplicas, bem como o comércio ilegal e clandestino das peças, eu queimo tudo. Afinal, eu gastei com produção intelectual, artística e de mão de obra.

Não há leis que impeçam essa prática mesmo porque as marcas estão dentro da legalidade. Mas a última “queima de estoque” da Burberry que não foi nenhuma liquidação, sale of, bazar ou coisa do tipo, reascendeu outro tipo de chama, a dos que questionam meios de produção, das medidas ambientais e dos tipos de mão de obra utilizada bem como do destino final do produto.

burberry-on-fire Continuar lendo “Marcas de luxo queimam estoque e chamam atenção para uma prática repugnante!”

Anúncios

Parece que o jogo está virando, graças aos Millennials!

millennials

Nem sei se todos sabem. Então para quem ainda nunca ouviu falar: Millennials são essa nova geração de adolescentes e adultos que nasceram no final do século XX e início do século XXI e que possuem novas formas de agir, pensar e se comportar.

Parece que os Millennials estão virando um jogo que até então era uma cláusula fechada dentro da moda, do sistema de consumo e da vida. Que jogo é esse? Uma pelada em tempos de Copa? Uma grande partida em Wimbledon? Ou mais uma jogatina qualquer? Continuar lendo “Parece que o jogo está virando, graças aos Millennials!”

Rapaz vira modelo graças a sua foto de prisão ter bombado na internet

modelo-preso

Na internet, mais precisamente nas redes sociais, todos temos o poder de destruir ou ajudar a construir a imagem de uma pessoa. É só uma imagem viralizar, com alguma descoberta polêmica ou algo bacana, que a vida de uma pessoa pode mudar.

No Brasil nós tivemos um caso bem bacana do “Mendigo Gato de Curitiba”que viralizou nas redes sociais (pela sua beleza) e acabou sendo ajudado pela mídia. Ele conseguiu largar das drogas e está trabalhando como modelo até hoje. Lembra? (Se não lembra, clique aqui).

Mekhi Alante Lucky, de 20 anos, teve essa mesma sorte.

Ele foi detido em abril do ano passado por suspeita de roubo de carro e por fugir da polícia, mas não chegou a ser acusado e nem a cumprir pena de prisão

Mekhi-Alante-Lucky

No entanto sua foto do seu registro policial acabou viralizando na internet com a mesma conotação (“prisioneiro gato”). Isso chamou a atenção de Demanti O’Bryant, da agência de modelos St. Claire, nos Estados Unidos, que acabou convidando ele para o casting. Continuar lendo “Rapaz vira modelo graças a sua foto de prisão ter bombado na internet”

Fazer compras melhora o seu humor, segundo pesquisa

compra-internacional

Quem não gosta de fazer compras? Seja uma roupa nova, um acessório que vai complementar o seu estilo ou mesmo algum produto que você estava muito querendo.

E uma pesquisa científica, que foi publicada na revista “Psychology and Marketing”, comprova isso que nós sentimos quando adquirimos algo. Segundo os cientistas, o processo de compra gera em nosso cérebro um efeito semelhante ao sentido por usuários de drogas.

O estudo inclui uma pesquisa que foi feita em 2016 com mais de mil adultos nos Estados Unidos e revelou que 96% deles disseram ter comprado algo para fazê-los se sentirem melhores.

comprando-roupa

O grande problema é que essa alegria dura pouco. Em poucos dias você acaba sentindo a necessidade de comprar outra coisa e outra coisa e outra coisa… No fim pode acabar virando consumista e, no pior dos casos, se afundar em dívidas.

Portanto, tome cuidado com o seu lado consumista. E aproveite os bons momentos de compras! ;)

Vi no WeFashionTrends.

Fazer compras melhora o seu humor, segundo pesquisa

compra-internacional

Quem não gosta de fazer compras? Seja uma roupa nova, um acessório que vai complementar o seu estilo ou mesmo algum produto que você estava muito querendo.

E uma pesquisa científica, que foi publicada na revista “Psychology and Marketing”, comprova isso que nós sentimos quando adquirimos algo. Segundo os cientistas, o processo de compra gera em nosso cérebro um efeito semelhante ao sentido por usuários de drogas.

O estudo inclui uma pesquisa que foi feita em 2016 com mais de mil adultos nos Estados Unidos e revelou que 96% deles disseram ter comprado algo para fazê-los se sentirem melhores.

comprando-roupa

O grande problema é que essa alegria dura pouco. Em poucos dias você acaba sentindo a necessidade de comprar outra coisa e outra coisa e outra coisa… No fim pode acabar virando consumista e, no pior dos casos, se afundar em dívidas.

Portanto, tome cuidado com o seu lado consumista. E aproveite os bons momentos de compras! ;)

Vi no WeFashionTrends.

Moda sustentável: Algodão orgânico

algodao-organico

Uma grande tendência está invadindo o mundo: a procura pela forma orgânica dos produtos que consumimos. No ramo da nutrição já é possível ver um grande crescimento na procura de alimentos orgânicos. Infelizmente na moda esse assunto ainda é pouco falado e são pouquíssimas marcas que investem nesse tipo de material.

Eu não sei se você sabia, mas as roupas feitas com o algodão tradicional trazem diversas substâncias químicas! Segundo alguns estudos realizados com peças de algodão utilizadas por grandes marcas, foram detectadas diversas substâncias químicas, dentre elas vários agrotóxicos utilizados na lavoura.

Agora vai um dado alarmante, caso você também não saiba. O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo! É isso mesmo, atualmente o país representa 1/5 do consumo mundial!

agrotoxico-aviao

E, pasme, o algodão é um dos itens que mais recebe esse tipo de “veneno”! Segundo dados divulgados pela Anvisa, no Brasil são usados 12 litros de agrotóxicos por hectare de soja (um dos vilões da nutrição atual), já para o algodão o número é assustador: são 28 litros por hectare (mais do que o dobro da soja). Continuar lendo “Moda sustentável: Algodão orgânico”

Colégio no Rio de Janeiro libera saia para meninos!

colegio-saia

Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro, decidiu abolir a distinção do uniforme escolar por gênero. Com isso, agora não existe mais especificação do que é um uniforme feminino ou masculino.

A flexibilização do uniforme escolar atende aos parâmetros da Resolução nº 12 do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT).

Isso é, a partir de agora o aluno pode escolher usar o uniforme que desejar. Se a garota quiser usar calça e camisa, tudo bem. E se o garoto quiser usar a saia do uniforme com a camisa, também estará ok!

saiato-pedro-ii

Será que essa moda vai invadir outras escolas do país?

Homens só usam 13% do guarda-roupa, segundo estudo

guarda-roupa-masculino

Já reparou que muitas vezes, apesar de ter um armário cheio de roupas e calçados, na correria você acaba sempre usando a mesma combinação? Acredite, isso é normal!

Segundo um estudo britânico, encomendado por um site de consultoria de estilo, os homens tendem a usar apenas 13% de todo o seu guarda-roupa!

Continuar lendo “Homens só usam 13% do guarda-roupa, segundo estudo”

Moda masculina: Orgulho ou preconceito?

hipster-estiloso

Olhe só, meu camarada, não me venha com esse papo de que homem que é homem sai por aí de camiseta lisa, bermuda e chinelo. Você pode até optar por esse estilo, mas tentar colocar todos nós em um mesmo balaio de personalidades homogêneas é um pouco pretensioso da sua parte.

Existe quem queira parecer agressivo, doce, sério, descontraído… Então por que deveríamos nos vestir todos com as mesmas cores e formas? A roupa não serve apenas para cobrir o corpo, ela é também um instrumento político.

A sua calça ou sapato, você querendo ou não, conta mais sobre você do que muitas palavras que podem sair da sua boca.

Continuar lendo “Moda masculina: Orgulho ou preconceito?”